Como calcular a cubagem dos correios


  • Support

    Um determinado produto em sua loja não calcula o frete?

    90% de chances das dimensões do produto estarem além da cubagem máxima dos correios.

    O Correios não realiza o cálculo levando em consideração somente o peso. Um resultado com 3kg poderá ter o mesmo valor do resultado com 4kg devido ao peso cúbico.

    Como é feito o cálculo do peso cúbico pelo Correios?
    O peso cúbico é calculado da seguinte forma:
    Peso cúbico = (Comprimento x Largura x Altura) / 6000 (Fator de Cubagem)
    Esse cálculo é chamado de cubagem. Cubagem é a dimensão de espaço em que uma caixa ocupa em peso.

    O que é fator de cubagem?
    É o coeficiente resultante de uma relação entre peso e volume, que veio recomendado pelo código IATA entidade internacional que congrega as empresas aéreas. O Correios trabalha com o coeficiente 6.000 que é o fator cubagem oficial dos correios e da maioria das transportadoras.

    Cálculo do preço: entenda e saiba antes o custo de sua postagem
    Desde 2011, os serviços de encomenda dos Correios passaram a ser precificados pelo peso cúbico. O peso cúbico, diferente do peso físico em quilogramas, considera o volume da encomenda.

    Por quê?
    O custo de transporte leva em conta o volume das encomendas transportadas, e não apenas o seu peso físico (ou real). Por este motivo, adotou-se o preço cúbico como uma forma de equilibrar a relação peso x espaço ocupado pela carga transportada, e que já constitui prática de mercado no transporte aéreo no Brasil e no exterior.

    Como é calculado o peso cúbico?
    O peso cúbico de uma encomenda é calculado pela seguinte fórmula:
    (C x L x A)/6.000*

    Onde:
    A = Altura do objeto (em centímetros)
    L = Largura do objeto (em centímetros)
    C = Comprimento do objeto (em centímetros)
    6.000 = coeficiente resultante da relação entre peso e volume mais adequada e
    comercialmente justa à cubagem de aeronaves, conforme recomendado pela
    IATA, entidade internacional que congrega as empresas aéreas.

    O resultado será o peso cúbico da encomenda.

    Se o peso cúbico da encomenda for menor ou igual a 10 kg, será atribuído o peso físico (ou real). Para encomendas com peso cúbico maior que 10 kg, valerá o maior resultado após a comparação dos resultados entre o peso físico (kg) e o peso cúbico (C x L x A)/6.000. Então, sendo um pacote de 5,5 kg de peso físico, com as dimensões 70x60x10/6.000 que resultam um peso cúbico de 7 kg, o peso considerado para precificação será o físico, de 5,5 kg. Para o caso do peso cúbico ultrapassar o limite de 30 kg será cobrado valor adicional.

    Exemplo 1: Encomenda com as dimensões: 50 cm X 60 cm X 15 cm e pesando 9 kg: 50 cm x 60 cm x 15 cm / 6000 = 7,5Kg cúbicos => isenta de peso cúbico; portanto, será cobrado peso físico = 9 kg.

    Exemplo 2: Encomenda com as dimensões: 43 cm X 28 cm X 52 cm e pesando 15 kg: 43 cm X 28 cm X 52 cm / 6000 = 10,434Kg cúbicos => considera-se o peso cúbico para comparar com o peso físico e aplica-se o maior entre eles. Neste caso, será cobrado o peso físico = 15 kg.

    Exemplo 3: Encomenda com as dimensões: 55 cm X 31 cm X 40 cm e pesando 7 Kg: 55 cm x 31 cm x 40 cm / 6000 = 11,36 Kg cúbicos => considera-se o peso cúbico para comparar com o peso físico e aplica-se o maior entre eles. Neste caso, será cobrado o peso cúbico = 11,36Kg.

    Se você acessou em seu painel o produto e as dimensões estão corretas e mesmo assim estouram a cubagem, você terá 2 formas de solução.

    1- Cadastrar uma transportadora

    2- Habilitar em seu painel no módulo de envio dos correios a opção abaixo:

    0_1530290478995_57261240-1ddb-4b56-9cc7-28c3c87e44da-image.png

    Abs.